terça-feira, 18 de abril de 2017

Caça ao homem com recompensa de 50 mil dólares

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

Estados Unidos. 

1
Steve Stephens, homem de 37 anos que matou este domingo Robert Godwin Sr. em direto no Facebook, chegou a falar com a polícia de Cleveland e é já procurado em cinco estados.
Steve Stephens terá chegado a falar com as autoridades após a filmagem mas continua em paradeiro desconhecido
A caça ao homem começou por ser uma operação local (ainda que de grandes dimensões) mas já se tornou nacional e com um novo dado: conforme foi anunciado pela Polícia de Cleveland esta tarde (hora local), existe uma recompensa de 50 mil dólares para quem conseguir dar informações que localizem Steve Stephens, de 37 anos, que este domingo matou Robert Godwin Sr..
Até pela cadência de tweets da Polícia de Cleveland se percebe a bola de neve em que se transformou todo o caso, com a promessa de que “nenhuma pedra ficará por virar” até ser encontrado o indivíduo agora procurado em cinco estados.
Calvin Williams, chefe da Polícia de Cleveland, voltou a pedir ao homem que mostrou em direto no Facebook Live o momento em que interpelou Robert Godwin Sr. na rua e disparou a arma que tinha na sua posse para falar com familiares e amigos, por forma a estabelecer-se uma ponte que permita uma rendição pacífica.
Durante o dia surgiu o rumor de que Steve Stephens poderia ter sido visto já em Filadélfia, mas as autoridades refutaram essa possibilidade em conferência de imprensa, voltando a reforçar que está armado e é perigoso. “Liguem para o 911 e não se aproximem dele caso o vejam”, pediram.
Sem especificar como (telefone, email, redes sociais ou outra forma), os responsáveis pela investigação confirmaram também já esta segunda-feira que chegaram a ter contacto com Steve Stephens. “Tentámos que se entregasse, sem sucesso. Não sabemos em que condições está nem sabemos qual é a sua localização”, explicou, ao mesmo tempo que deixou a garantia que, além de Robert Godwin Sr., não existe mais nenhuma vítima.
Além de Cleveland, Indiana, Nova Iorque, Michigan e Pensilvânia são os outros estados envolvidos na operação.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.